Este é o TEU espaço de preparação para a feira virtual!

O cérebro humano é composto por dois hemisférios, o esquerdo ligado ao pensamento lógico e o direito ligado à criatividade.

Preparamos 15 dicas para que consigas preparar a tua participação na FINDE.U!

Dica 1

Certifica-te que tens a tecnologia necessária

A maioria dos computadores é eficiente para aceder às feiras on-line, porém o uso de alguns modelos mais antigos e daquele cujo software não tenha sido atualizado pode comprometer o teu acesso à feira.

Além disso, para participares em entrevistas, é provável que precises de ter acesso a uma webcam.

Certifica-te que antes do dia do evento o teu computador possui todos os requisitos.

Dica 2

Assegura uma ligação à internet estável!

A internet pode ser a salvação quando se trata de uma feira “online”. Deves confirmar que tens uma ligação estável e rápida antes de iniciar a sessão.

Tenta garantir que não vais ficar cortado a meio de uma entrevista ou de um live stream por uma má ligação.

 

Dica 3

Testa o equipamento

Alguns dias antes da feira deves testar a velocidade de ligação, o funcionamento da câmara e do microfone.

Deves também confirmar que tens as versões de Java e Flash mais recentes. Verifica a página do evento e, se possível, tenta uma ligação de teste.

Dica 4

Cria um lembrete no calendário!

A Feira será realizada no horário Central European Time (UTC+1) pelo que podes necessitar de acertar o fuso horário.

Se chegares atrasado ao evento ou fizeres uma visita rápida e pouco preparada, o acesso a algumas empresas pode tornar-se mais difícil, eventualmente demorado caso já tenham uma agenda muito preenchida.

Terás que esperar ou apenas poderás ser capaz de entregar o teu currículo pela via de “candidatura espontânea”.

Dica 5

Verifica os perfis nas redes sociais!

Verifica os teus perfis nas redes sociais, e atualiza-os ou limpa-os, se necessário.

Os recrutadores verificam as atividades existentes no LinkedIn, Facebook e Twitter. Organize profissionalmente os perfis “online”.

Deverá ser profissional e.g.: O que diz o teu endereço de e-mail sobre ti? Tenta configurar um endereço de e-mail profissional para o teu currículo.

Dica 6

Tem exemplares do teu trabalho!

Se trabalhas numa área criativa ou de programação, pode ser extremamente útil teres alguns exemplares do teu trabalho “à mão”, caso o entrevistador o solicite.

É permitido que partilhes algumas amostras ou um link para um portfólio “online a partir do teu perfil.

Seja qual for o caso, verifica que tens algo para apresentar.

Dica 7

Conceitos básicos sobre como funciona o evento

Nem todas as feiras de emprego funcionam da mesma forma. Alguns têm salas de conferências virtuais que são muito semelhantes às feiras de emprego presenciais, enquanto outras podem utilizar mais tecnologias “online”.

Para não perderes muito tempo, familiariza-te com o modo de funcionamento da plataforma, a sua navegação e no uso e manutenção dos certificados de acesso.

Assiste, no dia 15 junho (17h, duração 45min) ao Webinar: “Como ser bem-sucedido numa Feira de Emprego Virtual?” com a Talent Portugal.

Dica 8

Sabe mais sobre as empresas!

Aproveita o tempo para obteres informações sobre a empresa que estás interessado/a em contactar.

Analisa a empresa e as suas ofertas. Isto vai poupar tempo durante as entrevistas (chat) e dá uma imagem de preparação, para além de permitir que faças perguntas mais incisivas sobre o funcionamento e cultura da empresa.

Visualiza a informação das empresas da feira virtual antes de enviares o teu currículo. Em vez de enviares o seu currículo para cada empresa, revê as ofertas de trabalho ou estágio em primeiro lugar e adapta o teu currículo às ofertas que melhor correspondem às competências que o empregador procura.

Dica 9

Cria a tua introdução!

Durante o evento é esperado que tenhas oportunidade de te reunir e conversar, de forma “online”, com as empresas, pelo que será útil preparares uma breve apresentação sobre ti (um pitch).

Investe alguns minutos a refletir sobre os teus interesses e o que é mais importante para ti e o que gostarias de partilhar com os empregadores e outros recrutadores.

Deves ter as notas à mão enquanto participas na feira. A tua apresentação deve ser curta e direta, informando sobre o trabalho que procuras e a tua proposta de valor. Certifica-te que o currículo está focado no trabalho que procuras ou ao qual te candidatas. O ideal seria desenvolveres um currículo personalizado (para cada empregador).

Dica 10

Prepara as perguntas com antecedência

Ao participares numa entrevista é importante que estejas preparado para realizar questões também às empresas e potenciais empregadores. Desta forma mostras o teu interesse em querer conhecer mais sobre a empresa, demonstras os teus interesses de carreira, e possibilitas que estas questões se tornem tópicos de discussão valiosos.

Prepara algumas respostas antecipando perguntas da entrevista. O objetivo de uma feira de emprego “online” é o de conversar one-on-one com os recrutadores – por chat, participando em entrevistas de triagem.

Deves preparar respostas curtas e perguntas específicas de entrevista de triagem. Pratica as tuas respostas – escrevendo um esboço do que quer dizer. Alguns exemplos:

· Que tipos de competências e experiência procura nos funcionários a contratar?

· Quais são as características de funcionários mais bem-sucedidos?

· Quais os cursos mais importantes para progredir dentro da sua organização?

· A sua empresa contrata continuamente ou apenas em determinadas épocas do ano?

Dica 11

Tira vantagem das sessões e workshops

Se a feira de emprego oferece oportunidades de aprendizagem e de desenvolvimento das tuas competências de procura de emprego e de desenvolvimento profissional, deves tirar proveito de todas as oportunidades oferecidas.

Embora nem todos os webinar oferecidos possam interessar, certifica-te que tens tempo para aqueles que mais te interessam.

Dica 12

Toma notas!

As feiras “online”, muitas vezes contemplam apresentações, webinars e chats. Estas interações podem ajudar-te a conheceres melhor as empresas e até melhorares as tuas competências de procura de emprego/estágios.

Anotando as informações mais importantes irás garantir que não te esquece de qualquer ponto importante que poderá ajudar-te a destacares-te durante a feira.

Dica 13

Mostra interesse e iniciativa

A procura de trabalho não é algo que se faça sem entusiasmo, mesmo “online”.

Mostra aos potenciais empregadores que estás interessado/a neles por seres o primeiro a fazer o contacto.

Envia o teu currículo, apresenta-te e certifica-te que eles sabem que estás realmente interessado/a em trabalhar para eles.

Dica 14

Prepara-te para uma entrevista!

As entrevistas não são garantidas nas feiras de emprego “online”, mas isso não significa que não devas estar preparado/a. Deves ter sempre o necessário para uma entrevista, por isso, se receberes um convite deves aceitá-lo.

Ao conversar com os empregadores e outros recrutadores “online”, certifica-te que manténs o teu nível profissional de linguagem. Sempre que possível e o souberes, deves tratar o recrutador pelo título académico (Dr. ou Dr.ª, Eng. ou Eng.ª, etc), exatamente como farias numa entrevista presencial.

Relaxa, mas permanece profissional. Na feira de emprego virtual podes explorar as oportunidades de emprego e de estágio de uma forma mais relaxada, sem a ansiedade que podes sentir durante uma entrevista presencial.

Para tirar o melhor proveito da experiência, deves definir algumas metas claras com antecedência. Prepara-te para perguntas e planeia as tuas respostas. O acompanhamento após o evento pode oferecer-te um feedback adicional sobre o teu processo de recrutamento. Caso necessites de falar para uma câmara é essencial teres um aspeto profissional.

Age da mesma forma, como se estivesses a participar numa situação presencial, mesmo que seja apenas “online” e em casa. Está provado que ao vestires-te como se fosses a uma entrevista presencial, vais sentir-te e apresentar-te melhor e isto acabará por ajudar a concentrar-te. Então, deixa a tua t-shirt na gaveta.

Sorri, use roupas agradáveis e limpa o espaço que vais utilizar. Nada inviabiliza que uma conversa positiva com um recrutador possa ser proporcionada através de uma conversa Skype com uma câmara web. Deves estar pronto. Verifique se o teu quarto está limpo e com aspeto profissional. Presta atenção ao teu nível de voz e elimina qualquer ruído perturbador.

Dica 15

Follow-up

Se tiveste uma entrevista durante a feira, não deves despedir-te sem ter obtido um contacto (e-mail ou telefone) – será importante dares continuidade ao processo, através de email de agradecimento ou de uma conexão no LinkedIn, demonstrando assim que estás realmente interessado na proposta.

Poderás enviar uma nota de agradecimento e agradecer o tempo dispensado no prazo de 48 horas após a entrevista. Mesmo que uma determinada oportunidade não esteja disponível no momento, uma nota de agradecimento é geralmente lembrada positivamente. Usa o e-mail, LinkedIn, ou outros sites de redes sociais para te manteres em contacto e partilhares as tuas experiências.

Caso não recebas uma resposta passadas algumas semanas, não te esqueças de voltar ao contacto. Isso irá mostrar à empresa que ainda estás disponível e interessado/a na posição; além de descobrir o estado em que se encontra o teu pedido.

Subscreve a newsletter e fica a par das novidades